DEIXE AQUI O SEU RECADO!!!

Seguidores

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Servidor Público pode escolher o Banco onde receber seu salário


Os servidores Publicos, agora, podem receber o salário no banco de sua preferência, não sendo mais obrigado a utilizar os serviços da instituição financeira que tem convênio com a Prefeitura.
 
A portabilidade da conta entrou em vigor apartir do dia primeiro de janeiro deste ano.

Esse benefício chegou três anos depois da liberação para os funcionários de empresas privadas.
 
O Banco Central do Brasil (BC) instituiu também, a chamada conta-salário dos servidores públicos, que poderá ser aberta em qualquer agência da rede bancária nacional,seja em bancos privados ou públicos. Até o momento, as instituições públicas ‘vendiam’ as contas de seus funcionários para bancos específicos, eo servidor era obrigado a manter a conta-salário em um banco estranho à sua vontade.

Com a nova Resolução, os empregados e servidores públicos de todas as esferas, federal, estadual ou municipal têm o direito a movimentar seu salário no Banco que escolher.
 
Uma das vantagens é que este tipo de conta é isenta da maioria das taxas. O servidor passa a contar com a possibilidade de receber o vencimento sem pagar tarifa. A ausência de cobrança vale, por exemplo, para transferênciade valores para contas de outros bancos. Ou, ainda, se uma pessoa tiver empréstimo em determinada instituição bancária, poderá, por exemplo, transferir a dívida para outro banco, mantendo as condições do contrato ou até melhorando-as.

O presidente do Legislativo Municipal de Antônio Prado, Pedro Valdecir da SilvaDutra, Katiça (PDT) avalia a Resolução como positiva. “Vejo a portabilidade do salário com bons olhos, como uma conquista dos servidores. Esse direito poderia até ter vindo antes, pois todos devem ter a liberdade de escolher onde querem receber o salário”, enfatiza.

Como solicitar a portabilidade do salário

Os proventos vão continuar a ser creditados no banco atual, mas será possível solicitar que este valor seja automaticamente transferido para o banco de preferência do servidor, mensalmente, sem nenhum custo. O funcionário público que tiver interesse em usufruir do benefício deve procurar a agência na qual possui conta atualmente e informar para qual banco quer que o dinheiro passe a ser transferido.

O pedido deve ser feito de forma escrita ao banco, com a informação da conta em que o valor passará a ser creditado. Com o comunicado, o Banco terá que transferir, sem custo e no mesmo dia, o salário do cliente para a conta informada previamente.


Fonte: Assessoria de Imprensa, Celica Vebber

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário